Ainda há vagas nas escolas de ensino médio em tempo integral em Maracaju e mais quatro municípios

19 de janeiro de 2018 - 17:50 | Educação

Maracaju em Foco - Notícias - Ainda há vagas nas escolas de ensino médio em tempo integral em Maracaju e mais quatro municípios

Estimular o protagonismo juvenil e formar um jovem autônomo, autor de seu conhecimento, estão entre os objetivos da Escola da Autoria – escolas estaduais de ensino médio em tempo integral que, em 2017, beneficiaram mais de 3 mil estudantes de Campo Grande, Corumbá, Naviraí, Dourados e Maracaju. Mais do que ampliar o tempo de permanência dos jovens na escola, a Escola da Autoria promove a formação para a vida, contribuindo para a redução do índice de abandono e aumento da aprovação dos estudantes da Rede Estadual de Ensino.

De acordo com a secretária de Estado de Educação Maria Cecilia Amendola da Motta, são muitas as vantagens das escolas de ensino médio em tempo integral. “Vivemos em um Estado com índices altos de evasão escolar, suicídio de jovens e que está na rota do tráfico. Na Escola da Autoria, o estudante trabalha o projeto de vida, as disciplinas eletivas e é acompanhado de perto pelos professores, com a chance de ter um futuro melhor”, explica.

Maria Eduarda Silva acaba de concluir o ensino médio na Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, de Campo Grande. A estudante, que foi resistente à proposta da Autoria no início, hoje é grata pela oportunidade que a ajudou, inclusive, a viajar para os Estados Unidos pelo Programa Jovens Embaixadores. “Eu tive medo, mas confiei. Nossa relação com os professores mudou e ficou mais próxima, tivemos apoio para esta etapa de tanta pressão que é o Enem. A Escola da Autoria mudou minha vida e a forma com que eu via a escola”, conta ela que, esta semana, está em Washington (EUA).

A Escola Estadual Antonia da Silveira Capilé, de Dourados, é umas das cinco unidades que iniciam este ano como Escola da Autoria. A diretora Marisa Pereira dos Santos diz que está ansiosa para colocar em prática a metodologia do Educar pela Pesquisa e ver, de fato, estudantes protagonistas, engajados e motivados. “Estamos com uma expectativa positiva, porque entendemos que os estudantes serão beneficiados com uma metodologia que muda a dinâmica, a rotina, e conta com professores com dedicação exclusiva, resultando em mais tempo de ensino com qualidade”, afirma.

Em 2018, 11 unidades escolares de Campo Grande formam o grupo de Escolas da Autoria – ensino médio em tempo integral: Amélio de Carvalho Baís, Prof. Emygdio Campos Widal, Lucia Martins Coelho, José Barbosa Rodrigues, Manoel Bonifácio Nunes da Cunha, Severino de Queiroz, Maria Constança Barros Machado, Waldemir Barros da Silva, Dona Consuelo Müller, Profª Clarinda Mendes de Aquino e Vespasiano Martins (1º ano).

No interior, as Escolas da Autoria estão em cinco municípios: EE Júlia Gonçalves Passarinho, de Corumbá; EE Antonia da Silveira Capilé, Dourados; João Brembatti Calvoso, Ponta Porã; Padre Constantino de Monte, Maracaju; e EE Presidente Médici, Naviraí.

Ainda há vagas e a pré-matrícula pode ser realizada, via internet, na página da Matrícula Digital. Informações pelo 0800-6470028.

Emilia Sbrocco Dorsa – Secretaria de Estado de Educação (SED).

Foto: Arquivo


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 23220 [user_id] => 23 [titulo] => Ainda há vagas nas escolas de ensino médio em tempo integral em Maracaju e mais quatro municípios [texto] =>

Estimular o protagonismo juvenil e formar um jovem autônomo, autor de seu conhecimento, estão entre os objetivos da Escola da Autoria – escolas estaduais de ensino médio em tempo integral que, em 2017, beneficiaram mais de 3 mil estudantes de Campo Grande, Corumbá, Naviraí, Dourados e Maracaju. Mais do que ampliar o tempo de permanência dos jovens na escola, a Escola da Autoria promove a formação para a vida, contribuindo para a redução do índice de abandono e aumento da aprovação dos estudantes da Rede Estadual de Ensino.

De acordo com a secretária de Estado de Educação Maria Cecilia Amendola da Motta, são muitas as vantagens das escolas de ensino médio em tempo integral. “Vivemos em um Estado com índices altos de evasão escolar, suicídio de jovens e que está na rota do tráfico. Na Escola da Autoria, o estudante trabalha o projeto de vida, as disciplinas eletivas e é acompanhado de perto pelos professores, com a chance de ter um futuro melhor”, explica.

Maria Eduarda Silva acaba de concluir o ensino médio na Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, de Campo Grande. A estudante, que foi resistente à proposta da Autoria no início, hoje é grata pela oportunidade que a ajudou, inclusive, a viajar para os Estados Unidos pelo Programa Jovens Embaixadores. “Eu tive medo, mas confiei. Nossa relação com os professores mudou e ficou mais próxima, tivemos apoio para esta etapa de tanta pressão que é o Enem. A Escola da Autoria mudou minha vida e a forma com que eu via a escola”, conta ela que, esta semana, está em Washington (EUA).

A Escola Estadual Antonia da Silveira Capilé, de Dourados, é umas das cinco unidades que iniciam este ano como Escola da Autoria. A diretora Marisa Pereira dos Santos diz que está ansiosa para colocar em prática a metodologia do Educar pela Pesquisa e ver, de fato, estudantes protagonistas, engajados e motivados. “Estamos com uma expectativa positiva, porque entendemos que os estudantes serão beneficiados com uma metodologia que muda a dinâmica, a rotina, e conta com professores com dedicação exclusiva, resultando em mais tempo de ensino com qualidade”, afirma.

Em 2018, 11 unidades escolares de Campo Grande formam o grupo de Escolas da Autoria – ensino médio em tempo integral: Amélio de Carvalho Baís, Prof. Emygdio Campos Widal, Lucia Martins Coelho, José Barbosa Rodrigues, Manoel Bonifácio Nunes da Cunha, Severino de Queiroz, Maria Constança Barros Machado, Waldemir Barros da Silva, Dona Consuelo Müller, Profª Clarinda Mendes de Aquino e Vespasiano Martins (1º ano).

No interior, as Escolas da Autoria estão em cinco municípios: EE Júlia Gonçalves Passarinho, de Corumbá; EE Antonia da Silveira Capilé, Dourados; João Brembatti Calvoso, Ponta Porã; Padre Constantino de Monte, Maracaju; e EE Presidente Médici, Naviraí.

Ainda há vagas e a pré-matrícula pode ser realizada, via internet, na página da Matrícula Digital. Informações pelo 0800-6470028.

Emilia Sbrocco Dorsa – Secretaria de Estado de Educação (SED).

Foto: Arquivo

[imagem] => 7544c5719ced5f767d0db33e7feae444.jpg [url] => ainda-ha-vagas-nas-escolas-de-ensino-medio-em-tempo-integral-em-maracaju-e-mais-quatro-municipios [visualizacoes] => 0 [created] => 19 de janeiro de 2018 - 17:50 [destaque] => [scroll] => 1 [categoria_id] => 19 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 19 [nome] => Educação [url] => educacao [prioridade] => 3 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio