Câmara Municipal - Vereador Robert Ziemann envia Moção de Pesar a família de Roque Gauna e propõe que Sala de Vacinas do Posto de Saúde receba seu nome. Leia e assista.

Última Hora - Maracaju: DOF apreende veículo com cigarros contrabandeados do Paraguai

Última Hora - Postos de Maracaju já sofrem com falta de combustíveis e motoristas fazem fila para abastecer.

Câmara Municipal - Vereadora Marinice Penajo solicita providências quanto ao esgoto despejado na Rua Eugênio Ferreira Teodoro e parabeniza produtores rurais pelo país ser reconhecido como área livre de aftosa. Leia e assista.

Última Hora - ASSEMA declara apoio a Manifestação dos Caminhoneiros. Saiba mais

Última Hora - Tenente Coronel Juracy Pereira da Paz discursa na Câmara Municipal e agradece ‘Moção Honrosa’ aos policiais militares. Leia e assista.

Última Hora - Em Audiência Pública, Prefeitura de Maracaju apresenta Revisão do Plano Plurianual, Lei Orçamentária Anual e Lei das Diretrizes Orçamentárias. Saiba mais.

Educação - Alunos da Rede Municipal de Ensino e jovens dos projetos da Secretaria de Assistência Social participaram do 'Mês da Indústria'. Saiba mais.

Câmara Municipal - Por iniciativa de Toton Pradence, Policiais Militares de Maracaju receberão ‘Moção Honrosa’ diante dos relevantes serviços prestados. Leia e assista.

Câmara Municipal - Vereador Jeferson Lopes reforça requerimento e cobra por informações do início do asfalto da Vila Militar. Saiba mais.

Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Aquidauana: Trabalhador que morreu intoxicado por monóxido de carbono tinha 27 anos

07 de dezembro de 2017 - 08:03 | Cidades

Maracaju em Foco - Notícias - Aquidauana: Trabalhador que morreu intoxicado por monóxido de carbono tinha 27 anos

Foi identificado como Fernando Fausto Freitas Queiroz, 27 anos, o trabalhador que morreu após inalar monóxido de carbono produzido na queima de carvão. O caso aconteceu por volta das 9h de ontem (6), na Siderúrgica Simasul, na Rua Duque de Caxias, na Cidade Nova, em Aquidauana, distante 135 quilômetros de Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, os funcionários manuseavam o alto forno, equipamento usado para queima de carvão, quando inalaram monóxido de carbono. No total, seis trabalhadores foram socorridos à unidades de saúde. Fernando e Gelson de Oliveira apresentaram sinais mais graves de intoxicação e foram levados para o Pronto Socorro. Fernando morreu logo depois. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil do município. O estado de saúde de Gelson ainda não foi informado.

Ontem, a Siderúrgica divulgou nota informando que seis trabalhadores inalaram monóxido de carbono, durante incidente que matou Fernando. Na nota da empresa, a informação é que eram três trabalhadores terceirizados e três da siderúrgica. O funcionário que morreu é terceirizado.

De acordo com o departamento jurídico da empresa, parte dos trabalhadores inalaram fumaça tentando socorrer os outros, que inalaram monóxido de carbono produzido pelos fornos onde o carvão é queimado. A empresa afirma, ainda, que até a chegada dos bombeiros, as vítimas foram atendidas por técnico de segurança, que fez os procedimentos iniciais de primeiros socorros. “A empresa lamenta o ocorrido e informa que está prestando todo o auxílio à família da vítima”, finaliza o texto.

Fonte: Campo Grande News


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 22312 [user_id] => 23 [titulo] => Aquidauana: Trabalhador que morreu intoxicado por monóxido de carbono tinha 27 anos [texto] =>

Foi identificado como Fernando Fausto Freitas Queiroz, 27 anos, o trabalhador que morreu após inalar monóxido de carbono produzido na queima de carvão. O caso aconteceu por volta das 9h de ontem (6), na Siderúrgica Simasul, na Rua Duque de Caxias, na Cidade Nova, em Aquidauana, distante 135 quilômetros de Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, os funcionários manuseavam o alto forno, equipamento usado para queima de carvão, quando inalaram monóxido de carbono. No total, seis trabalhadores foram socorridos à unidades de saúde. Fernando e Gelson de Oliveira apresentaram sinais mais graves de intoxicação e foram levados para o Pronto Socorro. Fernando morreu logo depois. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil do município. O estado de saúde de Gelson ainda não foi informado.

Ontem, a Siderúrgica divulgou nota informando que seis trabalhadores inalaram monóxido de carbono, durante incidente que matou Fernando. Na nota da empresa, a informação é que eram três trabalhadores terceirizados e três da siderúrgica. O funcionário que morreu é terceirizado.

De acordo com o departamento jurídico da empresa, parte dos trabalhadores inalaram fumaça tentando socorrer os outros, que inalaram monóxido de carbono produzido pelos fornos onde o carvão é queimado. A empresa afirma, ainda, que até a chegada dos bombeiros, as vítimas foram atendidas por técnico de segurança, que fez os procedimentos iniciais de primeiros socorros. “A empresa lamenta o ocorrido e informa que está prestando todo o auxílio à família da vítima”, finaliza o texto.

Fonte: Campo Grande News

[imagem] => f56548237c2178c7e743368794d43f56.jpg [url] => aquidauana-trabalhador-que-morreu-intoxicado-por-monoxido-de-carbono-tinha-27-anos [visualizacoes] => 100 [created] => 07 de dezembro de 2017 - 08:03 [destaque] => [scroll] => [categoria_id] => 22 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 22 [nome] => Cidades [url] => cidades [prioridade] => 2 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio