Maracaju: Incêndios simultâneos atingiram área de 135 hectares, diz Defesa Civil

11 de agosto de 2017 - 14:01 | Última Hora

Maracaju em Foco - Notícias - Maracaju: Incêndios simultâneos atingiram área de 135 hectares, diz Defesa Civil

A Defesa Civil afirma que incêndios simultâneos ocorridos em Maracaju – distante 160 quilômetros de Campo Grande, atingiram 135 hectares na terça-feira (08). As três propriedades ficam cerca de 5 quilômetros distantes uma da outra

A maior área atingida foi a da Fazenda Noroeste, onde 90 hectares foram consumidos pelas chamas. Durante o incêndio na fazenda, o proprietário Edmilson Vincensi, na tentativa de apagar o fogo, teve 81% do corpo queimado e está internado em estado gravíssimo na Santa Casa de Campo Grande.

O outro incêndio atingiu 35 hectares da aldeia indígena Sucuri e o terceiro foco foi registrado em 40 hectares de um terreno particular, ao lado da Fundação MS.

O coordenador municipal da Defesa Civil em Maracaju, Roberto Carlos de Campos, disse que não houve prejuízo considerável na lavoura. “O fogo atingiu palhadas de milho já colhido. Houve o combate dos focos para que não chegasse na área que havia milho a colher”, informou.

O relatório já está pronto e integrará uma base de dados nacional da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Imagem aérea mostra área de 35 hectares queimados na aldeia Sucuri (Foto: Defesa Civil)

Imagem aérea mostra área de 35 hectares queimados na aldeia Sucuri (Foto: Defesa Civil)

Fonte: Campo Grande News


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 19572 [user_id] => 23 [titulo] => Maracaju: Incêndios simultâneos atingiram área de 135 hectares, diz Defesa Civil [texto] =>

A Defesa Civil afirma que incêndios simultâneos ocorridos em Maracaju – distante 160 quilômetros de Campo Grande, atingiram 135 hectares na terça-feira (08). As três propriedades ficam cerca de 5 quilômetros distantes uma da outra

A maior área atingida foi a da Fazenda Noroeste, onde 90 hectares foram consumidos pelas chamas. Durante o incêndio na fazenda, o proprietário Edmilson Vincensi, na tentativa de apagar o fogo, teve 81% do corpo queimado e está internado em estado gravíssimo na Santa Casa de Campo Grande.

O outro incêndio atingiu 35 hectares da aldeia indígena Sucuri e o terceiro foco foi registrado em 40 hectares de um terreno particular, ao lado da Fundação MS.

O coordenador municipal da Defesa Civil em Maracaju, Roberto Carlos de Campos, disse que não houve prejuízo considerável na lavoura. “O fogo atingiu palhadas de milho já colhido. Houve o combate dos focos para que não chegasse na área que havia milho a colher”, informou.

O relatório já está pronto e integrará uma base de dados nacional da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Imagem aérea mostra área de 35 hectares queimados na aldeia Sucuri (Foto: Defesa Civil)

Imagem aérea mostra área de 35 hectares queimados na aldeia Sucuri (Foto: Defesa Civil)

Fonte: Campo Grande News

[imagem] => 75807b0ab3e2b877bcada5b90432f1bb.jpg [url] => maracaju-incendios-simultaneos-atingiram-area-de-135-hectares-diz-defesa-civil [visualizacoes] => 100 [created] => 11 de agosto de 2017 - 14:01 [destaque] => 1 [scroll] => 1 [categoria_id] => 12 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 12 [nome] => Última Hora [url] => ultima-hora [prioridade] => 1 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio