Câmara Municipal - Vereador Catito destaca novos investimentos do Governo do Estado em Maracaju e reforça compromisso do Governador Reinaldo Azambuja com o município. Leia e assista.

Câmara Municipal - Vereador Helio Albarello pede que trabalhos da Câmara Municipal não sejam atrapalhados por pleito eleitoral de outubro. Leia e assista.

Câmara Municipal - Vereador Vergílio da Banca solicita ampliação de rede elétrica para atendimento em trecho da Rua Zebulândia no Bairro Geazone. Leia e assista.

Entretenimento - Com mais de 7 milhões de seguidores, “Gina Indelicada” posta sobre Maracaju e chama atenção de maracajuenses.

Última Hora - Carga de cigarros apreendida em Maracaju e avaliada em R$ 1,8 milhão seria levada para Goiás

Última Hora - Polícia Militar de Maracaju realiza operação e recolhe três bicicletas com motores a combustão sem a devida regulamentação.

Última Hora - Prefeito Maurílio Azambuja, Secretário Frederico Felini e Presidente da Câmara Helio Albarello recebem Deputado Federal Elizeu Dionizio e discutem novos investimentos para a cidade.

Câmara Municipal - Vereadoras visitam Delegada Gláucia Fernanda prestando apoio e se colocando à disposição para melhoria e ampliação dos trabalhos em Maracaju.

Última Hora - Publicitária Thaise Dias recebe prêmio de Concurso do Sicredi, fotografia tirada pelas suas lentes superou mais de 10 mil fotos no país.

Última Hora - CTG Nova Querência de Maracaju conquista medalhas em modalidades do Fegams. Saiba mais

Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Petrobras aumenta gás para indústrias pela 2ª vez em oito dias

16 de maio de 2018 - 08:21 | Economia

Maracaju em Foco - Notícias - Petrobras aumenta gás para indústrias pela 2ª vez em oito dias

A escalada das cotações do petróleo e do dólar levou a Petrobras a anunciar novo reajuste nos preços do gás de cozinha para uso industrial apenas oito dias após o aumento anterior. Desta vez, a alta será de 3,6%.

O reajuste não impacta o preço do botijão de 13 quilos, mais consumido por residências, que é ajustado com periodicidade trimestral. Vale apenas para a venda do gás em botijões maiores ou a granel.

O reajuste anunciado nesta terça (15) é o terceiro aumento consecutivo no preço do gás de cozinha para uso industrial e residencial em apenas 20 dias. No dia 8 de maio, foram 7,1%, e em 27 de março, 4,7%. Assim, a alta acumulada no período é de 16,2%.

Já o gás para envase em botijões de 13 quilos foi ajustado pela última vez no dia 5 de abril, com corte de 4,4%. O próximo ajuste só ocorrerá no início de julho.

Desde 2003, a Petrobras pratica preços diferentes para os dois tipos de consumo. O gás envasado em botijões de 13 quilos tem uma fórmula diferente, que garante desconto em relação ao produto destinado a uso industrial e comercial.

Após a escalada de preços em 2017, a estatal decidiu, em janeiro, alterar a periodicidade do gás residencial, aumentando o prazo de ajustes para três meses, com o objetivo de minimizar o repasse de volatilidades internacionais ao consumidor brasileiro.

Desde 8 de maio, quando o gás para uso industrial foi reajustado pela última vez, o preço do petróleo Brent subiu 4,5% e o dólar, 2,6%.

Fonte: Correio Do Estado 

 


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 25900 [user_id] => 27 [titulo] => Petrobras aumenta gás para indústrias pela 2ª vez em oito dias [texto] =>

A escalada das cotações do petróleo e do dólar levou a Petrobras a anunciar novo reajuste nos preços do gás de cozinha para uso industrial apenas oito dias após o aumento anterior. Desta vez, a alta será de 3,6%.

O reajuste não impacta o preço do botijão de 13 quilos, mais consumido por residências, que é ajustado com periodicidade trimestral. Vale apenas para a venda do gás em botijões maiores ou a granel.

O reajuste anunciado nesta terça (15) é o terceiro aumento consecutivo no preço do gás de cozinha para uso industrial e residencial em apenas 20 dias. No dia 8 de maio, foram 7,1%, e em 27 de março, 4,7%. Assim, a alta acumulada no período é de 16,2%.

Já o gás para envase em botijões de 13 quilos foi ajustado pela última vez no dia 5 de abril, com corte de 4,4%. O próximo ajuste só ocorrerá no início de julho.

Desde 2003, a Petrobras pratica preços diferentes para os dois tipos de consumo. O gás envasado em botijões de 13 quilos tem uma fórmula diferente, que garante desconto em relação ao produto destinado a uso industrial e comercial.

Após a escalada de preços em 2017, a estatal decidiu, em janeiro, alterar a periodicidade do gás residencial, aumentando o prazo de ajustes para três meses, com o objetivo de minimizar o repasse de volatilidades internacionais ao consumidor brasileiro.

Desde 8 de maio, quando o gás para uso industrial foi reajustado pela última vez, o preço do petróleo Brent subiu 4,5% e o dólar, 2,6%.

Fonte: Correio Do Estado 

 

[imagem] => 88e5b3d39b81d01786126e3839cb209b.jpg [url] => petrobras-aumenta-gas-para-industrias-pela-2a-vez-em-oito-dias [visualizacoes] => 0 [created] => 16 de maio de 2018 - 08:21 [destaque] => [scroll] => [categoria_id] => 25 ) [User] => Array ( [id] => 27 [fullname] => Caroline Gabriel [email] => [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 25 [nome] => Economia [url] => economia [prioridade] => 4 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio