Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Polícia Militar de Maracaju realiza operação e recolhe três bicicletas com motores a combustão sem a devida regulamentação.

18 de julho de 2018 - 17:36 | Última Hora

Maracaju em Foco - Notícias - Polícia Militar de Maracaju realiza operação e recolhe três bicicletas com motores a combustão sem a devida regulamentação.

Ação é realizada em parceria com Ciretran, Gemutram e Ministério Público.

Redação

Desde a última quinta-feira 12-07 a Polícia Militar de Maracaju iniciou a operação intitulada “Pega Pardal” na cidade de Maracaju, localizada a 162 quilômetros de Campo Grande. A ação realizada em parceria com o CIRETRAN, GEMUTRAM e MPE – Ministério Público Estadual visa recolher os veículos denominados ciclomotores, conhecidos por serem uma bicicleta com um motor instalado a combustão.

Estão sendo recolhidos os veículos ciclomotores os quais o proprietário e usuário não possui a documentação legal para conduzi-los, sendo que, neste primeiro momento não estão sendo realizadas autuações, somente estão sendo recolhidos os veículos ciclomotores e resguardados no pátio do Ciretran do município, sendo que o proprietário tem como opção ter a bicicleta devolvida sem o motor, ou então, retirar ambos os itens após obter a documentação legal para a condução.

O Coronel Pereira ainda afirmou que estão sendo recolhidas somente as bicicletas com motores a combustão, não estão sendo recolhidas bicicletas movidas a bateria. As bicicletas com motores a combustão geralmente atingem potência superiores a 50 cilindradas, ultrapassando facilmente a velocidade de 50 quilômetros por hora, que se trata da velocidade regulamentada, além de não possuir faróis e sinalizadores.

A ação visa recolher veículos irregulares e evitar acidentes entre outros veículos, bem como orientar aos proprietários que transitam irregularmente a busca e procura por devida regularização.

Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC)

O processo de habilitação com vistas à obtenção da Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) terá início com a abertura do serviço de Primeira Habilitação ou Adição de Categoria nos Centros de Formação de Condutores (CFCs). A obtenção da ACC obedecerá aos termos e condições estabelecidos na Resolução CONTRAN nº 572/2015, a qual altera o Anexo II da Res. CONTRAN Nº 168/2004.

É preciso:
- Saber ler e escrever;
- Possuir documento de identidade;
- Ser penalmente imputável (daí a exigência para que o candidato tenha 18 anos completos);
- Possuir CPF.

Documentação Necessária:

- Carteira de Identidade, original e cópia (tendo sido este expedido pelo Departamento de Identificação do RS, poderá ser apresentado em cópia simples. Tendo sido emitido por qualquer outro órgão expedidor, será exigida a apresentação de cópia autenticada); 
- CPF (original e cópia) - dispensando-se este documento se o número constar na Carteira de Identidade;
- Comprovante de residência (original e cópia) - Verificar itens 6 a 11 das observações. 
- Os CFCs já estão realizando a captura digital de imagens, assim NÃO é mais necessário levar fotos;
- Ofício de organização militar acompanhado de ata das etapas de habilitação concluídas com aprovação naquela instituição, caso tenha freqüentado o curso de formação de condutor nas Forças Armadas ou Auxiliares, com foco na categoria pretendida, e deseje aproveitar as etapas; 
- Ofício do órgão onde presta serviço, comprovando sua função, caso seja servidor público do Estado, que exerça as funções de fiscal ou policial, e deseje isenção de taxas. 

Procedimento:

- Comparecer no CFC ou no posto avançado de sua escolha portando a documentação necessária;
- Solicitar a abertura do serviço de Autorização para Conduzir Ciclomotor e obter no CFC ou no posto avançado a guia GAD-E para pagamento das taxas do DETRAN-RS referentes ao serviço ACC;
- Pagar o valor referente a GAD-E em qualquer dos bancos conveniados (Banrisul, Banco do Brasil, Itaú, Bradesco ou  Sicredi);
- Prestar o exame de aptidão física e mental (exame médico) no CFC ou no posto avançado;
- Realizar a avaliação psicológica no CFC ou no posto avançado;
- Assistir o curso teórico-técnico no CFC ou no posto avançado;
- Prestar o exame teórico-técnico (prova teórica);
- Freqüentar o curso de prática de direção veicular;
- Prestar o exame de direção (prova prática);
- Após a aprovação em todas essas etapas, aguardar em torno de 5 dias úteis para receber a Autorização para Conduzir Ciclomotor
Pode haver dispensa de algumas etapas ou pagamentos acima conforme situações especiais do candidato (ver os itens 11 a 14 de “Observações”).

- Caso o condutor tenha obtido, em serviço anterior, o resultado apto com validade na avaliação psicológica, será exigido no serviço atual a realização de nova avaliação.

- Realizar avaliação psicológica quando solicitado pelo médico.

Valores:

- Expedição do documento de habilitação: R$ 53,36;
- Avaliação psicológica: R$ 68,19;
- Exame de aptidão física e mental: R$ 68,19;
- Exame teórico-técnico: R$ 37,14;
- Exame de direção: R$ 64,60;
- Curso teórico-técnico para ACC (20 h/aula): R$ 161,40 (valor mínimo);
- Curso de prática de direção veicular Cat. ACC (10 h/aula): R$ 506,60 (valor mínimo);
- Locação de ciclomotor para o exame de direção: R$ 50,82;

Total para categoria ACC: R$ 1.010,30 (valor mínimo).

Com informações e fotos do Maracaju Speed e do site do DETRAN-RS

Reportagem: Gessica Souza - DRT/MS 0001526

Fotos: Robertinho / Maracaju Speed

Maracaju em Foco

O site de notícias que mais cresce em Maracaju!


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 27419 [user_id] => 23 [titulo] => Polícia Militar de Maracaju realiza operação e recolhe três bicicletas com motores a combustão sem a devida regulamentação. [texto] =>

Ação é realizada em parceria com Ciretran, Gemutram e Ministério Público.

Redação

Desde a última quinta-feira 12-07 a Polícia Militar de Maracaju iniciou a operação intitulada “Pega Pardal” na cidade de Maracaju, localizada a 162 quilômetros de Campo Grande. A ação realizada em parceria com o CIRETRAN, GEMUTRAM e MPE – Ministério Público Estadual visa recolher os veículos denominados ciclomotores, conhecidos por serem uma bicicleta com um motor instalado a combustão.

Estão sendo recolhidos os veículos ciclomotores os quais o proprietário e usuário não possui a documentação legal para conduzi-los, sendo que, neste primeiro momento não estão sendo realizadas autuações, somente estão sendo recolhidos os veículos ciclomotores e resguardados no pátio do Ciretran do município, sendo que o proprietário tem como opção ter a bicicleta devolvida sem o motor, ou então, retirar ambos os itens após obter a documentação legal para a condução.

O Coronel Pereira ainda afirmou que estão sendo recolhidas somente as bicicletas com motores a combustão, não estão sendo recolhidas bicicletas movidas a bateria. As bicicletas com motores a combustão geralmente atingem potência superiores a 50 cilindradas, ultrapassando facilmente a velocidade de 50 quilômetros por hora, que se trata da velocidade regulamentada, além de não possuir faróis e sinalizadores.

A ação visa recolher veículos irregulares e evitar acidentes entre outros veículos, bem como orientar aos proprietários que transitam irregularmente a busca e procura por devida regularização.

Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC)

O processo de habilitação com vistas à obtenção da Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC) terá início com a abertura do serviço de Primeira Habilitação ou Adição de Categoria nos Centros de Formação de Condutores (CFCs). A obtenção da ACC obedecerá aos termos e condições estabelecidos na Resolução CONTRAN nº 572/2015, a qual altera o Anexo II da Res. CONTRAN Nº 168/2004.

É preciso:
- Saber ler e escrever;
- Possuir documento de identidade;
- Ser penalmente imputável (daí a exigência para que o candidato tenha 18 anos completos);
- Possuir CPF.

Documentação Necessária:

- Carteira de Identidade, original e cópia (tendo sido este expedido pelo Departamento de Identificação do RS, poderá ser apresentado em cópia simples. Tendo sido emitido por qualquer outro órgão expedidor, será exigida a apresentação de cópia autenticada); 
- CPF (original e cópia) - dispensando-se este documento se o número constar na Carteira de Identidade;
- Comprovante de residência (original e cópia) - Verificar itens 6 a 11 das observações. 
- Os CFCs já estão realizando a captura digital de imagens, assim NÃO é mais necessário levar fotos;
- Ofício de organização militar acompanhado de ata das etapas de habilitação concluídas com aprovação naquela instituição, caso tenha freqüentado o curso de formação de condutor nas Forças Armadas ou Auxiliares, com foco na categoria pretendida, e deseje aproveitar as etapas; 
- Ofício do órgão onde presta serviço, comprovando sua função, caso seja servidor público do Estado, que exerça as funções de fiscal ou policial, e deseje isenção de taxas. 

Procedimento:

- Comparecer no CFC ou no posto avançado de sua escolha portando a documentação necessária;
- Solicitar a abertura do serviço de Autorização para Conduzir Ciclomotor e obter no CFC ou no posto avançado a guia GAD-E para pagamento das taxas do DETRAN-RS referentes ao serviço ACC;
- Pagar o valor referente a GAD-E em qualquer dos bancos conveniados (Banrisul, Banco do Brasil, Itaú, Bradesco ou  Sicredi);
- Prestar o exame de aptidão física e mental (exame médico) no CFC ou no posto avançado;
- Realizar a avaliação psicológica no CFC ou no posto avançado;
- Assistir o curso teórico-técnico no CFC ou no posto avançado;
- Prestar o exame teórico-técnico (prova teórica);
- Freqüentar o curso de prática de direção veicular;
- Prestar o exame de direção (prova prática);
- Após a aprovação em todas essas etapas, aguardar em torno de 5 dias úteis para receber a Autorização para Conduzir Ciclomotor
Pode haver dispensa de algumas etapas ou pagamentos acima conforme situações especiais do candidato (ver os itens 11 a 14 de “Observações”).

- Caso o condutor tenha obtido, em serviço anterior, o resultado apto com validade na avaliação psicológica, será exigido no serviço atual a realização de nova avaliação.

- Realizar avaliação psicológica quando solicitado pelo médico.

Valores:

- Expedição do documento de habilitação: R$ 53,36;
- Avaliação psicológica: R$ 68,19;
- Exame de aptidão física e mental: R$ 68,19;
- Exame teórico-técnico: R$ 37,14;
- Exame de direção: R$ 64,60;
- Curso teórico-técnico para ACC (20 h/aula): R$ 161,40 (valor mínimo);
- Curso de prática de direção veicular Cat. ACC (10 h/aula): R$ 506,60 (valor mínimo);
- Locação de ciclomotor para o exame de direção: R$ 50,82;

Total para categoria ACC: R$ 1.010,30 (valor mínimo).

Com informações e fotos do Maracaju Speed e do site do DETRAN-RS

Reportagem: Gessica Souza - DRT/MS 0001526

Fotos: Robertinho / Maracaju Speed

Maracaju em Foco

O site de notícias que mais cresce em Maracaju!

[imagem] => 8f1ab74681711cc73dbddf4c47eca3ad.jpg [url] => policia-militar-de-maracaju-realiza-operacao-e-recolhe-tres-bicicletas-com-motores-a-combustao-sem-a-devida-regulamentacao [visualizacoes] => 4900 [created] => 18 de julho de 2018 - 17:36 [destaque] => [scroll] => 1 [categoria_id] => 12 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 12 [nome] => Última Hora [url] => ultima-hora [prioridade] => 1 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio