Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Projeto Agrinho está presente no município desde 2014. Saiba mais.

21 de maio de 2018 - 15:15 | Última Hora

Maracaju em Foco - Notícias - Projeto Agrinho está presente no município desde 2014. Saiba mais.

Aconteceu na sexta-feira (18) na Escola Municipal José Pereira da Rosa a Formação do Programa Agrinho, 2018. A Secretária de Educação Cleoerdes Fátima Barbosa Carneiro, abriu os trabalhos agradecendo a participação de todos os professores e coordenadores.

“Nosso município participa do Agrinho desde o início em 2014, e vem sendo premiado todos os anos,isso graças ao empenho de todo os envolvidos neste projeto, mostrando a capacidade de cada um de vocês, esperamos para este ano a mesma deposição”, disse Cleoerdes. Ela destacou ainda a importância do programa que é voltado para uma educação de pesquisa e criativa, que desenvolve a autonomia e a capacidade de professores e alunos a se assumirem como pesquisadores e produtores de novos conhecimentos.

Em Maracaju a Formação foi ministrada pelas colaboradoras do SENAR as professoras Fabrizia Valle da Costa e Elizângela Roberto da Silva e teve a participação de 80 professores e coordenadores das escolas municipais: José Pereira da Rosa, Irma de Lima Matos, Ciro Aniz, Julio Muller e Escola Rural Santa Guilhermina, onde todos saíram bastante motivados em trabalhar e participar com os seus alunos do Concurso Agrinho/2018.

Neste ano o enfoque será a “Produção de Água no Campo” tema escolhido pelo SENAR/MS, que envolverá 200 mil alunos, 10 mil professores de 520 escolas públicas em 66 municípios.

O Programa Agrinho tem como objetivo promover a reflexão sobre temas como: ética, cidadania, saúde, responsabilidade social, meio ambiente, diversidade cultural, consumo e sustentabilidade, com foco na conexão campo cidade, por meio da promoção social do homem e da mulher do campo.

Lucas Galvan superintende do Senar no Mato Grosso do Sul, disse que o sucesso desse projeto não está apenas nos números, mas sim na capacidade de transformar vidas e mais ainda preparar essas crianças para o futuro, para atuar em um setor que é vocação do Estado. 

Participam do Projeto estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, matriculados nas escolas da rede pública de ensino.

Texto: Paulo Roberto

Assessoria


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 26041 [user_id] => 23 [titulo] => Projeto Agrinho está presente no município desde 2014. Saiba mais. [texto] =>

Aconteceu na sexta-feira (18) na Escola Municipal José Pereira da Rosa a Formação do Programa Agrinho, 2018. A Secretária de Educação Cleoerdes Fátima Barbosa Carneiro, abriu os trabalhos agradecendo a participação de todos os professores e coordenadores.

“Nosso município participa do Agrinho desde o início em 2014, e vem sendo premiado todos os anos,isso graças ao empenho de todo os envolvidos neste projeto, mostrando a capacidade de cada um de vocês, esperamos para este ano a mesma deposição”, disse Cleoerdes. Ela destacou ainda a importância do programa que é voltado para uma educação de pesquisa e criativa, que desenvolve a autonomia e a capacidade de professores e alunos a se assumirem como pesquisadores e produtores de novos conhecimentos.

Em Maracaju a Formação foi ministrada pelas colaboradoras do SENAR as professoras Fabrizia Valle da Costa e Elizângela Roberto da Silva e teve a participação de 80 professores e coordenadores das escolas municipais: José Pereira da Rosa, Irma de Lima Matos, Ciro Aniz, Julio Muller e Escola Rural Santa Guilhermina, onde todos saíram bastante motivados em trabalhar e participar com os seus alunos do Concurso Agrinho/2018.

Neste ano o enfoque será a “Produção de Água no Campo” tema escolhido pelo SENAR/MS, que envolverá 200 mil alunos, 10 mil professores de 520 escolas públicas em 66 municípios.

O Programa Agrinho tem como objetivo promover a reflexão sobre temas como: ética, cidadania, saúde, responsabilidade social, meio ambiente, diversidade cultural, consumo e sustentabilidade, com foco na conexão campo cidade, por meio da promoção social do homem e da mulher do campo.

Lucas Galvan superintende do Senar no Mato Grosso do Sul, disse que o sucesso desse projeto não está apenas nos números, mas sim na capacidade de transformar vidas e mais ainda preparar essas crianças para o futuro, para atuar em um setor que é vocação do Estado. 

Participam do Projeto estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, matriculados nas escolas da rede pública de ensino.

Texto: Paulo Roberto

Assessoria

[imagem] => 966971e0a5dc9189c563386061c96704.jpg [url] => projeto-agrinho-esta-presente-no-municipio-desde-2014-saiba-mais [visualizacoes] => 100 [created] => 21 de maio de 2018 - 15:15 [destaque] => [scroll] => [categoria_id] => 12 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 12 [nome] => Última Hora [url] => ultima-hora [prioridade] => 1 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio