Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Documentos mostram como Chico Anysio chocou censores da ditadura

16 de September de 2020 - 06:16 | Entretenimento

Maracaju em Foco - Notícias - Documentos mostram como Chico Anysio chocou censores da ditadura

Chico Anysio foi um dos humoristas que sofreu com a Ditadura (Imagem: Divulgação)

Uma censora da ditadura militar (1964-1985) ficou chocada quando assistiu à peça Ai? Quinto, de Chico Anysio e, em seguida, produziu um documento confidencial para o Serviço de Censura de Diversões Públicas, ligado à PF (Polícia Federal).

O caso aconteceu no dia 11 de agosto de 1997, segundo documentos do Arquivo Nacional, publicado pelo portal UOL. A censora ficou “horrorizada” que relatou tudo à chefia do órgão. Entre outras coisas, ela falou sobre uma série de palavrões e críticas à situação social e política do país.

“Foi, sem dúvida, uma agressão à plateia no mais podre exercício linguístico de baixo calão”, diz o documento. Em seguida, por ordem do chefe, a censora voltou para ver o espetáculo no dia 8 de setembro.

No entanto, desta vez, a atitude era uma clara ameaça de que, se aquilo se repetisse, Chico Anysio teria a peça censurada. “Contactamos [sic] com o artista, que se desculpou de haver no dia de nossa informação ter, talvez, se excedido na pornofonia, por empolgação da plateia”, afirma outro documento.

Este é um exemplo da perseguição dos militares a artistas que trabalhavam com humor no período mais duro da ditadura, a partir do AI-5 (Ato Institucional número 5), editado em 1968.

De acordo com documentos da época, piadas, charges ou qualquer insinuação cômica sobre a situação do país ou mesmo algo que deturpasse a moral e os bons costumes na visão do regime deveriam ser banidos.

Quem também sofreu represálias foi o cartunista Ziraldo. Um arquivo confidencial de setembro de 1974 mostra que o Ministério da Justiça determinou suspender um comercial da Caixa Econômica Federal que usava o personagem Jeremias, o Bom.

Isso porque “o referido humorista é suspeito de atividades ou, quando muito, de simpatizar com movimentos esquerdistas”. O ministério decide “recomendar à Caixa Econômica não autorizar a Agência a promover a reutilização do personagem ‘Jeremias, o Bom'”.

“Além disso, quer nos parecer que o humorista ZIRALDO não é o único a ter condições de influenciar o grande público a adquirir bilhetes da Loteria Federal”, diz documento.

RD1

FARMÁCIA DE PLANTÃO: Confira aqui no "Maracaju em Foco" o calendário das Farmácias de Plantão, vá direto ao link a selecione o mês desejado, clique aqui.

VÍDEOS EM FOCO: Assista nossas principais reportagens em vídeo, mesmo não estando no Facebook, clique aqui.

Maracaju em Foco

A notícia em primeiro lugar!

Curta nossa página: https://www.facebook.com/mjuemfoco/

Siga-nos no Instagram: https://instagram.com/maracajuemfoco


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 41621 [user_id] => 23 [titulo] => Documentos mostram como Chico Anysio chocou censores da ditadura [texto] =>

Chico Anysio foi um dos humoristas que sofreu com a Ditadura (Imagem: Divulgação)

Uma censora da ditadura militar (1964-1985) ficou chocada quando assistiu à peça Ai? Quinto, de Chico Anysio e, em seguida, produziu um documento confidencial para o Serviço de Censura de Diversões Públicas, ligado à PF (Polícia Federal).

O caso aconteceu no dia 11 de agosto de 1997, segundo documentos do Arquivo Nacional, publicado pelo portal UOL. A censora ficou “horrorizada” que relatou tudo à chefia do órgão. Entre outras coisas, ela falou sobre uma série de palavrões e críticas à situação social e política do país.

“Foi, sem dúvida, uma agressão à plateia no mais podre exercício linguístico de baixo calão”, diz o documento. Em seguida, por ordem do chefe, a censora voltou para ver o espetáculo no dia 8 de setembro.

No entanto, desta vez, a atitude era uma clara ameaça de que, se aquilo se repetisse, Chico Anysio teria a peça censurada. “Contactamos [sic] com o artista, que se desculpou de haver no dia de nossa informação ter, talvez, se excedido na pornofonia, por empolgação da plateia”, afirma outro documento.

Este é um exemplo da perseguição dos militares a artistas que trabalhavam com humor no período mais duro da ditadura, a partir do AI-5 (Ato Institucional número 5), editado em 1968.

De acordo com documentos da época, piadas, charges ou qualquer insinuação cômica sobre a situação do país ou mesmo algo que deturpasse a moral e os bons costumes na visão do regime deveriam ser banidos.

Quem também sofreu represálias foi o cartunista Ziraldo. Um arquivo confidencial de setembro de 1974 mostra que o Ministério da Justiça determinou suspender um comercial da Caixa Econômica Federal que usava o personagem Jeremias, o Bom.

Isso porque “o referido humorista é suspeito de atividades ou, quando muito, de simpatizar com movimentos esquerdistas”. O ministério decide “recomendar à Caixa Econômica não autorizar a Agência a promover a reutilização do personagem ‘Jeremias, o Bom'”.

“Além disso, quer nos parecer que o humorista ZIRALDO não é o único a ter condições de influenciar o grande público a adquirir bilhetes da Loteria Federal”, diz documento.

RD1

FARMÁCIA DE PLANTÃO: Confira aqui no "Maracaju em Foco" o calendário das Farmácias de Plantão, vá direto ao link a selecione o mês desejado, clique aqui.

VÍDEOS EM FOCO: Assista nossas principais reportagens em vídeo, mesmo não estando no Facebook, clique aqui.

Maracaju em Foco

A notícia em primeiro lugar!

Curta nossa página: https://www.facebook.com/mjuemfoco/

Siga-nos no Instagram: https://instagram.com/maracajuemfoco

[imagem] => 77bcad88f406202b6bedf5c942ffb5ae.jpg [url] => documentos-mostram-como-chico-anysio-chocou-censores-da-ditadura [visualizacoes] => 0 [created] => 16 de September de 2020 - 06:16 [destaque] => [scroll] => [categoria_id] => 10 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 10 [nome] => Entretenimento [url] => entretenimento [prioridade] => 4 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio