Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Para Fiems, redução na alíquota do etanol trará competitividade para indústria de MS

31 de July de 2022 - 10:29 | Economia

Maracaju em Foco - Notícias - Para Fiems, redução na alíquota do etanol trará competitividade para indústria de MS

A redução da alíquota do ICMS do etanol em Mato Grosso do Sul deverá tornar os produtos industrializados do Estado mais competitivos. A avaliação é do chefe de gabinete da presidência da Fiems, Robson Del Casale, que participou do anúncio oficial feito pelo Governo do Estado nesta quinta-feira (28/07), na sede da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), com a presença de autoridades e representantes do setor produtivo.

“Com preços mais acessíveis os valores de logísticas terão impacto importante, para a indústria será de fundamental importância, já que isso aumenta a competitividade dos nossos produtos”, destacou Robson Del Casale.

O titular da Sefaz, Luiz Renato Adler, relatou que o impacto na arrecadação do Estado será de cerca de 70 milhões de reais por ano com a decisão, mas que o governo já estuda estratégias para controlar os gastos e não ter prejuízos. “Já recebemos a orientação do governador Reinaldo Azambuja para estabelecer estratégias de maneira que a redução na arrecadação não prejudique o andamento de projetos importantes para o Estado, essa medida vale por 20 anos ou até que uma nova emenda seja proposta e aprovada”, explicou o secretário.

Sobre a redução, o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, ressaltou que os preços dos combustíveis têm impacto direto na economia de todo Estado, a redução é uma demanda que já estava em discussão e vai atender diversos setores. “Reduzir os custos dos combustíveis é uma pauta que afeta diretamente nossa economia, o que esperamos agora é tornar Mato Grosso do Sul mais competitivo e incentivar novos investimentos”, afirmou.

Já o diretor executivo da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), Érico Paredes, salientou que o setor vê com bons olhos a decisão do Estado e já prevê reflexos importantes na produção. “Mato Grosso do Sul produz hoje 2,5 bilhões de litros de etanol. A decisão com certeza terá reflexos grandes na competividade de produção. Prevemos uma redução de 6,5% na produção das usinas e esperamos que isso também chegue até o consumidor”, ressaltou.

Nesse aspecto, o presidente do Sinpetro/MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul), Edson Lazaroto, comentou que o impacto para o consumidor na bomba deve chegar aos 24 centavos e que a decisão do governo vai incentivar o consumo, que teve redução considerável de volume por conta dos altos valores. “Enalteço aqui o entendimento do governo e dos setores produtivos, nossa preocupação é trazer esse fôlego para o consumir para que ele se sinta motivado a consumir no Estado, estamos perdendo volume e arrecadação, com a redução tenho certeza que o cenário será outro”, finalizou.

O decreto sobre a redução da alíquota do etanol será publicado nesta sexta-feira (29/07).

Assessoria

FARMÁCIA DE PLANTÃO: Confira aqui no "Maracaju em Foco" o calendário das Farmácias de Plantão, vá direto ao link a selecione o mês desejado, clique aqui.

VÍDEOS EM FOCO: Assista nossas principais reportagens em vídeo, mesmo não estando no Facebook, clique aqui.

Maracaju em Foco

A notícia em primeiro lugar!

Curta nossa página: https://www.facebook.com/mjuemfoco/

Siga-nos no Instagram: https://instagram.com/maracajuemfoco

Inscreva-se no nosso Canal do Youtube: https://www.youtube.com/c/maracajuemfoco


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 55483 [user_id] => 23 [titulo] => Para Fiems, redução na alíquota do etanol trará competitividade para indústria de MS [texto] =>

A redução da alíquota do ICMS do etanol em Mato Grosso do Sul deverá tornar os produtos industrializados do Estado mais competitivos. A avaliação é do chefe de gabinete da presidência da Fiems, Robson Del Casale, que participou do anúncio oficial feito pelo Governo do Estado nesta quinta-feira (28/07), na sede da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), com a presença de autoridades e representantes do setor produtivo.

“Com preços mais acessíveis os valores de logísticas terão impacto importante, para a indústria será de fundamental importância, já que isso aumenta a competitividade dos nossos produtos”, destacou Robson Del Casale.

O titular da Sefaz, Luiz Renato Adler, relatou que o impacto na arrecadação do Estado será de cerca de 70 milhões de reais por ano com a decisão, mas que o governo já estuda estratégias para controlar os gastos e não ter prejuízos. “Já recebemos a orientação do governador Reinaldo Azambuja para estabelecer estratégias de maneira que a redução na arrecadação não prejudique o andamento de projetos importantes para o Estado, essa medida vale por 20 anos ou até que uma nova emenda seja proposta e aprovada”, explicou o secretário.

Sobre a redução, o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, ressaltou que os preços dos combustíveis têm impacto direto na economia de todo Estado, a redução é uma demanda que já estava em discussão e vai atender diversos setores. “Reduzir os custos dos combustíveis é uma pauta que afeta diretamente nossa economia, o que esperamos agora é tornar Mato Grosso do Sul mais competitivo e incentivar novos investimentos”, afirmou.

Já o diretor executivo da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), Érico Paredes, salientou que o setor vê com bons olhos a decisão do Estado e já prevê reflexos importantes na produção. “Mato Grosso do Sul produz hoje 2,5 bilhões de litros de etanol. A decisão com certeza terá reflexos grandes na competividade de produção. Prevemos uma redução de 6,5% na produção das usinas e esperamos que isso também chegue até o consumidor”, ressaltou.

Nesse aspecto, o presidente do Sinpetro/MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul), Edson Lazaroto, comentou que o impacto para o consumidor na bomba deve chegar aos 24 centavos e que a decisão do governo vai incentivar o consumo, que teve redução considerável de volume por conta dos altos valores. “Enalteço aqui o entendimento do governo e dos setores produtivos, nossa preocupação é trazer esse fôlego para o consumir para que ele se sinta motivado a consumir no Estado, estamos perdendo volume e arrecadação, com a redução tenho certeza que o cenário será outro”, finalizou.

O decreto sobre a redução da alíquota do etanol será publicado nesta sexta-feira (29/07).

Assessoria

FARMÁCIA DE PLANTÃO: Confira aqui no "Maracaju em Foco" o calendário das Farmácias de Plantão, vá direto ao link a selecione o mês desejado, clique aqui.

VÍDEOS EM FOCO: Assista nossas principais reportagens em vídeo, mesmo não estando no Facebook, clique aqui.

Maracaju em Foco

A notícia em primeiro lugar!

Curta nossa página: https://www.facebook.com/mjuemfoco/

Siga-nos no Instagram: https://instagram.com/maracajuemfoco

Inscreva-se no nosso Canal do Youtube: https://www.youtube.com/c/maracajuemfoco

[imagem] => c75216affa5ab17257b890222ec584bc.jpg [url] => para-fiems-reducao-na-aliquota-do-etanol-trara-competitividade-para-industria-de-ms [visualizacoes] => 100 [created] => 31 de July de 2022 - 10:29 [destaque] => [scroll] => [categoria_id] => 25 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 25 [nome] => Economia [url] => economia [prioridade] => 4 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio