Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Prefeitura de Maracaju realiza caminhada, panfletagem e palestra orientativa no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

23 de May de 2022 - 17:01 | Última Hora

Maracaju em Foco - Notícias - Prefeitura de Maracaju realiza caminhada, panfletagem e palestra orientativa no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Prefeitura de Maracaju por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e do CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, realizou na última quarta-feira 18-05, ações alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
 
Integrantes do CREAS e da Assistência Social realizaram uma caminhada na Rua 11 de Junho e adjacências, panfletando e dialogando com motoristas sobre a importância da campanha e da importância de todos colaborarem na rede de proteção de crianças e adolescentes, conclamando a responsabilidade também da sociedade para o enfrentamento ao problema de violência sexual praticada contra menores em todo o país.



A proposta anual da campanha, que neste ano comemora o 22º ano de mobilização, é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

De acordo com a Coordenadora do CREAS Ranilu Franco de Castro a ação faz parte da Campanha Nacional FAÇA BONITO, convocada anualmente pela sociedade civil, em alusão ao dia 18 de Maio.
 
“Junto com os alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Ação Jovem, realizamos a panfletagem e orientação aos motoristas sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e canais de denúncias. Além disso, desenvolvemos um trabalho durante todo o ano, focado na prevenção e no enfrentamento aos casos de abuso e exploração sexual, ressaltando a responsabilidade do poder público e da sociedade na garantia da atenção às crianças, adolescentes e suas famílias, por meio da atuação em rede, fortalecendo o Sistema de Garantia de Direitos preconizado no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Federal 8.069/90), afinal respeitar nossas crianças e adolescentes, bem como, protegê-los é uma obrigação de toda a sociedade.” Destacou Ranilu.


 
Também foi realizada uma palestra informativa com os jovens do SCFV, abordando sobre a temática da data e a importância da prevenção e denúncia de abusos.
 
Maracaju tem um sólido trabalho de prevenção e combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, trata-se de uma das metas da gestão do Prefeito Marcos Calderan de assistir nossas crianças e jovens, proporcionando respeito, carinho e atenção, buscando máxima proteção, bem como a denúncia e acompanhamento de casos de abusos, inclusive na esfera jurídica, proporcionando amplo respeito para aqueles e aquelas que farão parte do futuro de nossa Maracaju.” Afirmou Leiza Karen Barbosa, Secretária Municipal de Assistência Social.


 
Sobre o Dia 18 de Maio
 
O dia 18 de Maio - “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pela Lei Federal 9.970/00, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e que já alcançou muitos municípios do nosso país.
 
Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.
 
A proposta anual da campanha, que nesse ano comemora o 20º ano de mobilização, é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.
 
A violência sexual praticada contra crianças e adolescentes envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade quando se considera as relações de gênero, de raça/etnia, de orientação sexual, de classe social, de geração e de condições econômicas. Nessa violação, são estabelecidas relações diversas de poder, nas quais tanto pessoas e/ou redes utilizam crianças e adolescentes para satisfazerem seus desejos e fantasias sexuais e/ou obterem vantagens financeiras e lucros.
 
Nesse contexto, a criança ou adolescente não é considerada sujeito de direitos, mas um ser despossuído de humanidade e de proteção. A violência sexual contra meninos e meninas ocorre tanto por meio do abuso sexual intrafamiliar ou interpessoal como na exploração sexual. Crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, por estarem vulneráveis, podem se tornar mercadorias e assim serem utilizadas nas diversas formas de exploração sexual como: tráfico, pornografia, prostituição e exploração sexual no turismo.

Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é crime! Denuncie. Disque 100.

 

FARMÁCIA DE PLANTÃO: Confira aqui no "Maracaju em Foco" o calendário das Farmácias de Plantão, vá direto ao link a selecione o mês desejado, clique aqui.

VÍDEOS EM FOCO: Assista nossas principais reportagens em vídeo, mesmo não estando no Facebook, clique aqui.

Maracaju em Foco

A notícia em primeiro lugar!

Curta nossa página: https://www.facebook.com/mjuemfoco/

Siga-nos no Instagram: https://instagram.com/maracajuemfoco


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 54365 [user_id] => 23 [titulo] => Prefeitura de Maracaju realiza caminhada, panfletagem e palestra orientativa no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes [texto] =>

A Prefeitura de Maracaju por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e do CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social, realizou na última quarta-feira 18-05, ações alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
 
Integrantes do CREAS e da Assistência Social realizaram uma caminhada na Rua 11 de Junho e adjacências, panfletando e dialogando com motoristas sobre a importância da campanha e da importância de todos colaborarem na rede de proteção de crianças e adolescentes, conclamando a responsabilidade também da sociedade para o enfrentamento ao problema de violência sexual praticada contra menores em todo o país.



A proposta anual da campanha, que neste ano comemora o 22º ano de mobilização, é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

De acordo com a Coordenadora do CREAS Ranilu Franco de Castro a ação faz parte da Campanha Nacional FAÇA BONITO, convocada anualmente pela sociedade civil, em alusão ao dia 18 de Maio.
 
“Junto com os alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Ação Jovem, realizamos a panfletagem e orientação aos motoristas sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e canais de denúncias. Além disso, desenvolvemos um trabalho durante todo o ano, focado na prevenção e no enfrentamento aos casos de abuso e exploração sexual, ressaltando a responsabilidade do poder público e da sociedade na garantia da atenção às crianças, adolescentes e suas famílias, por meio da atuação em rede, fortalecendo o Sistema de Garantia de Direitos preconizado no Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Federal 8.069/90), afinal respeitar nossas crianças e adolescentes, bem como, protegê-los é uma obrigação de toda a sociedade.” Destacou Ranilu.


 
Também foi realizada uma palestra informativa com os jovens do SCFV, abordando sobre a temática da data e a importância da prevenção e denúncia de abusos.
 
Maracaju tem um sólido trabalho de prevenção e combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, trata-se de uma das metas da gestão do Prefeito Marcos Calderan de assistir nossas crianças e jovens, proporcionando respeito, carinho e atenção, buscando máxima proteção, bem como a denúncia e acompanhamento de casos de abusos, inclusive na esfera jurídica, proporcionando amplo respeito para aqueles e aquelas que farão parte do futuro de nossa Maracaju.” Afirmou Leiza Karen Barbosa, Secretária Municipal de Assistência Social.


 
Sobre o Dia 18 de Maio
 
O dia 18 de Maio - “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pela Lei Federal 9.970/00, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e que já alcançou muitos municípios do nosso país.
 
Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.
 
A proposta anual da campanha, que nesse ano comemora o 20º ano de mobilização, é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.
 
A violência sexual praticada contra crianças e adolescentes envolve vários fatores de risco e vulnerabilidade quando se considera as relações de gênero, de raça/etnia, de orientação sexual, de classe social, de geração e de condições econômicas. Nessa violação, são estabelecidas relações diversas de poder, nas quais tanto pessoas e/ou redes utilizam crianças e adolescentes para satisfazerem seus desejos e fantasias sexuais e/ou obterem vantagens financeiras e lucros.
 
Nesse contexto, a criança ou adolescente não é considerada sujeito de direitos, mas um ser despossuído de humanidade e de proteção. A violência sexual contra meninos e meninas ocorre tanto por meio do abuso sexual intrafamiliar ou interpessoal como na exploração sexual. Crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, por estarem vulneráveis, podem se tornar mercadorias e assim serem utilizadas nas diversas formas de exploração sexual como: tráfico, pornografia, prostituição e exploração sexual no turismo.

Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é crime! Denuncie. Disque 100.

 

FARMÁCIA DE PLANTÃO: Confira aqui no "Maracaju em Foco" o calendário das Farmácias de Plantão, vá direto ao link a selecione o mês desejado, clique aqui.

VÍDEOS EM FOCO: Assista nossas principais reportagens em vídeo, mesmo não estando no Facebook, clique aqui.

Maracaju em Foco

A notícia em primeiro lugar!

Curta nossa página: https://www.facebook.com/mjuemfoco/

Siga-nos no Instagram: https://instagram.com/maracajuemfoco

[imagem] => 5916f6d62ad0b507d6c57d646107313a.jpg [url] => prefeitura-de-maracaju-realiza-caminhada-panfletagem-e-palestra-orientativa-no-dia-nacional-de-combate-ao-abuso-e-a-exploracao-sexual-de-criancas-e-ad [visualizacoes] => 200 [created] => 23 de May de 2022 - 17:01 [destaque] => 1 [scroll] => 1 [categoria_id] => 12 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 12 [nome] => Última Hora [url] => ultima-hora [prioridade] => 1 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio