Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Após 12 anos, “Estrelas” já tem data para acabar; relembre a trajetória do programa

14 de março de 2018 - 08:22 | Entretenimento

Maracaju em Foco - Notícias - Após 12 anos, “Estrelas” já tem data para acabar; relembre a trajetória do programa

Com seu fim anunciado no ano passado, o “Estrelas”, de Angélica, já tem data para acabar na Globo. E a última temporada estreia já neste sábado (17), tendo como pano de fundo o Rio de Janeiro.

Segundo apurou o RD1, o vespertino ficará no ar, pela última vez, entre 17 de março e 28 de abril, quando se despede definitivamente.

No sábado seguinte, 5 de maio, começam as atrações por temporada na faixa de horário deixada por Angélica. Glenda Kozlowski e seu “Matrioskas”, gravado na Rússia com mães de jogadores brasileiros da seleção é quem abrirá os trabalhos.

Com seu fim anunciado no ano passado, o “Estrelas”, de Angélica, já tem data para acabar na Globo. E a última temporada estreia já neste sábado (17), tendo como pano de fundo o Rio de Janeiro.

Segundo apurou o RD1, o vespertino ficará no ar, pela última vez, entre 17 de março e 28 de abril, quando se despede definitivamente.

No sábado seguinte, 5 de maio, começam as atrações por temporada na faixa de horário deixada por Angélica. Glenda Kozlowski e seu “Matrioskas”, gravado na Rússia com mães de jogadores brasileiros da seleção é quem abrirá os trabalhos.

Criado em abril de 2006, o “Estrelas” passou por diversos formatos. Começou recebendo convidados em uma sala de estar, que batiam papo sobre matérias exibidas em um telão. Depois, foi para a rua, de onde nunca mais saiu.

Teve várias edições temáticas, como em Fernando de Noronha, Pantanal, Bahia, Disney, especial de 10 anos, em 2016, Serra Gaúcha e em Pernambuco.

Em 2017, Angélica estrelou o “Estrelas Solidárias”, no qual, ao lado de artistas, viajou o Brasil com seus convidados em busca de pessoas que transformavam sua comunidade ou agiam em projetos sociais. Na época, foi apontada como marketing social para Luciano Huck, já que haviam rumores de sua candidatura à presidência – a loira, então, seria a primeira-dama.

Já a última temporada, o “Estrelas do Brasil”, seguia os mesmos moldes da anterior, onde a apresentadora viajava para conhecer lugares e pessoas que faziam sucesso em suas cidades. Curiosamente, foi a temporada que teve menor participação das ‘estrelas’.

RD1

 


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 24465 [user_id] => 27 [titulo] => Após 12 anos, “Estrelas” já tem data para acabar; relembre a trajetória do programa [texto] =>

Com seu fim anunciado no ano passado, o “Estrelas”, de Angélica, já tem data para acabar na Globo. E a última temporada estreia já neste sábado (17), tendo como pano de fundo o Rio de Janeiro.

Segundo apurou o RD1, o vespertino ficará no ar, pela última vez, entre 17 de março e 28 de abril, quando se despede definitivamente.

No sábado seguinte, 5 de maio, começam as atrações por temporada na faixa de horário deixada por Angélica. Glenda Kozlowski e seu “Matrioskas”, gravado na Rússia com mães de jogadores brasileiros da seleção é quem abrirá os trabalhos.

Com seu fim anunciado no ano passado, o “Estrelas”, de Angélica, já tem data para acabar na Globo. E a última temporada estreia já neste sábado (17), tendo como pano de fundo o Rio de Janeiro.

Segundo apurou o RD1, o vespertino ficará no ar, pela última vez, entre 17 de março e 28 de abril, quando se despede definitivamente.

No sábado seguinte, 5 de maio, começam as atrações por temporada na faixa de horário deixada por Angélica. Glenda Kozlowski e seu “Matrioskas”, gravado na Rússia com mães de jogadores brasileiros da seleção é quem abrirá os trabalhos.

Criado em abril de 2006, o “Estrelas” passou por diversos formatos. Começou recebendo convidados em uma sala de estar, que batiam papo sobre matérias exibidas em um telão. Depois, foi para a rua, de onde nunca mais saiu.

Teve várias edições temáticas, como em Fernando de Noronha, Pantanal, Bahia, Disney, especial de 10 anos, em 2016, Serra Gaúcha e em Pernambuco.

Em 2017, Angélica estrelou o “Estrelas Solidárias”, no qual, ao lado de artistas, viajou o Brasil com seus convidados em busca de pessoas que transformavam sua comunidade ou agiam em projetos sociais. Na época, foi apontada como marketing social para Luciano Huck, já que haviam rumores de sua candidatura à presidência – a loira, então, seria a primeira-dama.

Já a última temporada, o “Estrelas do Brasil”, seguia os mesmos moldes da anterior, onde a apresentadora viajava para conhecer lugares e pessoas que faziam sucesso em suas cidades. Curiosamente, foi a temporada que teve menor participação das ‘estrelas’.

RD1

 

[imagem] => 14fa5b7ca21c3886ef73a1afe67ddc03.jpg [url] => apos-12-anos-estrelas-ja-tem-data-para-acabar-relembre-a-trajetoria-do-programa [visualizacoes] => 0 [created] => 14 de março de 2018 - 08:22 [destaque] => [scroll] => [categoria_id] => 10 ) [User] => Array ( [id] => 27 [fullname] => Caroline Gabriel [email] => [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 10 [nome] => Entretenimento [url] => entretenimento [prioridade] => 4 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio