Última Hora - Maracaju: Polícia Militar Rodoviária apreende mais de 768 quilos de maconha e caminhonete furtada. Saiba mais

Saúde - Capacitação EAD é realizada para Presidentes de Conselhos Municipais de Saúde do Estado.

Última Hora - Maracaju: SISPMMA realizou curso preparatório para o Concurso Público da Prefeitura e beneficiou diversos maracajuenses.

Entretenimento - Inscrições para as Aulas Shows do 2º Festival Gastronômico Serra de Maracaju já estão liberadas. Saiba mais

Última Hora - Idoso envolvido em atropelamento e morte de casal na BR-267 entre Maracaju e Rio Brilhante se apresenta à polícia

Última Hora - Biosev negocia a venda de mais usinas de cana e fontes citam planejamento de venda de usina no Centro-Oeste onde esta localizada unidade de Maracaju.

Informe Publicitário - Com auxílio da internet da Celerium, Multigás cresce e visa ampliar atendimentos de vendas gás e água mineral em Maracaju.

Câmara Municipal - Iniciativa do Vereador Robert Ziemann, Oficina Acadêmica aconteceu nesse final de semana com mais de 400 alunos e professores.

Última Hora - Com investimentos de mais de 739 mil reais, Prefeito Maurílio Azambuja recebe primeiros dois caminhões que atenderão produtores rurais e limpeza urbana da cidade. Saiba mais.

Câmara Municipal - Vereador Hélio Albarello solicita reparos em estrada que dá acesso à área de lazer dos servidores públicos e cobra por limpeza e recuperação de calçadas de prédios públicos municipais. Leia e assista.

Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Colheita do algodão alcança metade da área plantada em Mato Grosso do Sul

04 de agosto de 2018 - 08:18 | Rural em Foco

Maracaju em Foco - Notícias - Colheita do algodão alcança metade da área plantada em Mato Grosso do Sul

Metade dos 30 mil hectares de algodão plantados em Mato Grosso do Sul já foram colhidos e enquanto os trabalhos continuam avançando positivamente no campo, o índice que baliza as cotações do mercado interno acumulou retração de 7,57% em julho.

Isso acontece principalmente pelo aumento na disponibilidade do produto. O diretor-executivo da Ampasul (Associação Sul-mato-grossense dos Produtores de Algodão), Adão Hoffmann, disse ao Campo Grande News que pelo menos metade da colheita no estado não deve deixar o país, consequentemente sendo afetada por essas variações.

Segundo ele, entre 40% e 50% da safra deve ser exportada. Nesse caso, os preços são definidos segundo a Bolsa de Nova Iorque.

Por outro lado, mais de 70% da produção já foi vendida antecipadamente no estado. Normalmente os produtores aproveitam as chamadas janelas de produção, que são os momentos em que os preços atingem bons patamares.

Isso só foi possível graças a uma safra que teve aumento de 6% na área plantada e transcorreu em boas condições climáticas.

Campo Grande, Sidrolândia e Maracaju já estão dentro do vazio sanitário, quando a semeadura de novos algodoeiros fica proibida para evitar a disseminação de pragas. Nas demais áreas, que ainda estão em processo de colheita, o prazo começa somente no dia 15 de setembro.

Fonte: Campo Grande News 

 


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 27802 [user_id] => 27 [titulo] => Colheita do algodão alcança metade da área plantada em Mato Grosso do Sul [texto] =>

Metade dos 30 mil hectares de algodão plantados em Mato Grosso do Sul já foram colhidos e enquanto os trabalhos continuam avançando positivamente no campo, o índice que baliza as cotações do mercado interno acumulou retração de 7,57% em julho.

Isso acontece principalmente pelo aumento na disponibilidade do produto. O diretor-executivo da Ampasul (Associação Sul-mato-grossense dos Produtores de Algodão), Adão Hoffmann, disse ao Campo Grande News que pelo menos metade da colheita no estado não deve deixar o país, consequentemente sendo afetada por essas variações.

Segundo ele, entre 40% e 50% da safra deve ser exportada. Nesse caso, os preços são definidos segundo a Bolsa de Nova Iorque.

Por outro lado, mais de 70% da produção já foi vendida antecipadamente no estado. Normalmente os produtores aproveitam as chamadas janelas de produção, que são os momentos em que os preços atingem bons patamares.

Isso só foi possível graças a uma safra que teve aumento de 6% na área plantada e transcorreu em boas condições climáticas.

Campo Grande, Sidrolândia e Maracaju já estão dentro do vazio sanitário, quando a semeadura de novos algodoeiros fica proibida para evitar a disseminação de pragas. Nas demais áreas, que ainda estão em processo de colheita, o prazo começa somente no dia 15 de setembro.

Fonte: Campo Grande News 

 

[imagem] => 8f669d8d91ea9b867782624cfeeebae1.jpg [url] => colheita-do-algodao-alcanca-metade-da-area-plantada-em-mato-grosso-do-sul [visualizacoes] => 0 [created] => 04 de agosto de 2018 - 08:18 [destaque] => [scroll] => [categoria_id] => 24 ) [User] => Array ( [id] => 27 [fullname] => Caroline Gabriel [email] => [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 24 [nome] => Rural em Foco [url] => rural-em-foco [prioridade] => 5 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio