Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Dra. Graziele Ferreira: O que são lipomas?

16 de julho de 2018 - 16:22 | Colunista em Foco

Maracaju em Foco - Notícias -  Dra. Graziele Ferreira: O que são lipomas?

São tumores benignos compostos por células de gordura maduras (adipócitos). São lesões de crescimento lento bem circunscritas envolvidas por uma fina cápsula fibrosa, podendo ser únicas ou multilobuladas. Os lipomas geralmente surgem nos tecidos subcutâneos e podem ocorrer em qualquer área do corpo, inclusive em cavidade intraabdominal, embora ocorram com mais frequência no tronco e membros proximais. Não têm potencial de malignidade, mas o diagnóstico diferencial inclui lipossarcomas, que apresentam esse potencial; portanto, isso sempre deve se considerado. Em geral, medem não mais que 2 cm ou 3 cm, embora alguns possam aumentar bastante de tamanho e cheguem a atingir mais de 10 cm de diâmetro.

Geralmente se apresentam como nodulações palpáveis, pequenos e macios, que se movimentam como se estivessem soltos debaixo da pele, quando levemente pressionados.

O que diferencia o lipoma de um cisto sebáceo é a sua constituição. O lipoma é composto de células adiposas e o cisto sebáceo é composto por uma substância chamada sebum.

Como saber se tenho lipoma?

Lipomas podem aparecer em qualquer idade. Entretanto, são incomuns na infância e adolescência e mais frequentes nas mulheres entre 40 e 60 anos.  Há uma certa correlação genética com o surgimento de lipomas. Existe uma teoria sobre o aparecimento do lipoma após um trauma local (lipoma pós-traumático), porém não há evidencias científicas suficientes que comprovem tal hipótese. Há outra associação com um maior risco de surgimento do lipoma quando o indivíduo magro ganha peso subitamente. Esse lipoma, entretanto, não desaparece ou diminui se o paciente voltar a emagrecer. Geralmente são assintomáticos. Causam dor ou incomodo dependendo da localização e tamanho.  

O diagnóstico é clínico facilmente identificado e diferenciado durante a palpação da massa ou tumoração pelo médico que esteja examinando. Se, entretanto, a massa for dura, pouco móvel, dolorosa, ou se ela tiver qualquer outra característica incomum ao lipoma, o médico pode solicitar um exame de imagem como ultrassonografia, tomografia ou ressonância magnética.

Como é feito o tratamento?

O tratamento está indicado nas lesões que causam sintomas como dor ou incômodo, comprometimento funcional, fins estéticos, que crescem rapidamente ou deixam dúvidas sobre seu caráter benigno.  É realizado na maioria das vezes através de uma pequena cirurgia de caráter ambulatorial, ou  seja em consultório, com anestésico local. Grandes lipomas são reservados para extração em centro cirúrgico. O inconveniente da cicatriz residual do procedimento cirúrgico pode ser amenizado por uso de cremes cicatrizantes. 

O vantajoso é que inexiste a possibilidade de recidiva da lesão, diferente de outros tratamentos estéticos como a lipocavitação, lipoaspiração ou injeção de corticoides que podem ajudar a remover este acumulo de gordura, no entanto, não elimina a cápsula fibrosa, por isso ele poderá voltar.   

É recomendável a avaliação de um médico – dermatologista, clínico geral ou cirurgião – para diagnóstico, se notar o crescimento de um ou mais nódulos em qualquer parte do corpo. Além de manter acompanhamento dos lipomas já diagnosticados.

Graziele Ferreira

Cirurgia Geral e Pequenas Cirurgias

CRM/MS: 7876 – RQE 5366

Médica natural de Maracaju/MS

Medicina pela Universidade Estadual de Maringá/PR

Cirurgia Geral pelo Hospital Universitário da UFMS.

Atualmente em Maracaju

Cirurgiã Geral e pequenas cirurgias na Prefeitura de Maracaju

Cirurgiã Geral – Pequenas Cirurgias- Clínica Geral na Clínica de Especialidades Médicas

A Clínica fica localizada na Rua Agnaldo Ferreira Barbosa 620 – San Raphael

Contato: 3454-2651


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 27373 [user_id] => 23 [titulo] => Dra. Graziele Ferreira: O que são lipomas? [texto] =>

São tumores benignos compostos por células de gordura maduras (adipócitos). São lesões de crescimento lento bem circunscritas envolvidas por uma fina cápsula fibrosa, podendo ser únicas ou multilobuladas. Os lipomas geralmente surgem nos tecidos subcutâneos e podem ocorrer em qualquer área do corpo, inclusive em cavidade intraabdominal, embora ocorram com mais frequência no tronco e membros proximais. Não têm potencial de malignidade, mas o diagnóstico diferencial inclui lipossarcomas, que apresentam esse potencial; portanto, isso sempre deve se considerado. Em geral, medem não mais que 2 cm ou 3 cm, embora alguns possam aumentar bastante de tamanho e cheguem a atingir mais de 10 cm de diâmetro.

Geralmente se apresentam como nodulações palpáveis, pequenos e macios, que se movimentam como se estivessem soltos debaixo da pele, quando levemente pressionados.

O que diferencia o lipoma de um cisto sebáceo é a sua constituição. O lipoma é composto de células adiposas e o cisto sebáceo é composto por uma substância chamada sebum.

Como saber se tenho lipoma?

Lipomas podem aparecer em qualquer idade. Entretanto, são incomuns na infância e adolescência e mais frequentes nas mulheres entre 40 e 60 anos.  Há uma certa correlação genética com o surgimento de lipomas. Existe uma teoria sobre o aparecimento do lipoma após um trauma local (lipoma pós-traumático), porém não há evidencias científicas suficientes que comprovem tal hipótese. Há outra associação com um maior risco de surgimento do lipoma quando o indivíduo magro ganha peso subitamente. Esse lipoma, entretanto, não desaparece ou diminui se o paciente voltar a emagrecer. Geralmente são assintomáticos. Causam dor ou incomodo dependendo da localização e tamanho.  

O diagnóstico é clínico facilmente identificado e diferenciado durante a palpação da massa ou tumoração pelo médico que esteja examinando. Se, entretanto, a massa for dura, pouco móvel, dolorosa, ou se ela tiver qualquer outra característica incomum ao lipoma, o médico pode solicitar um exame de imagem como ultrassonografia, tomografia ou ressonância magnética.

Como é feito o tratamento?

O tratamento está indicado nas lesões que causam sintomas como dor ou incômodo, comprometimento funcional, fins estéticos, que crescem rapidamente ou deixam dúvidas sobre seu caráter benigno.  É realizado na maioria das vezes através de uma pequena cirurgia de caráter ambulatorial, ou  seja em consultório, com anestésico local. Grandes lipomas são reservados para extração em centro cirúrgico. O inconveniente da cicatriz residual do procedimento cirúrgico pode ser amenizado por uso de cremes cicatrizantes. 

O vantajoso é que inexiste a possibilidade de recidiva da lesão, diferente de outros tratamentos estéticos como a lipocavitação, lipoaspiração ou injeção de corticoides que podem ajudar a remover este acumulo de gordura, no entanto, não elimina a cápsula fibrosa, por isso ele poderá voltar.   

É recomendável a avaliação de um médico – dermatologista, clínico geral ou cirurgião – para diagnóstico, se notar o crescimento de um ou mais nódulos em qualquer parte do corpo. Além de manter acompanhamento dos lipomas já diagnosticados.

Graziele Ferreira

Cirurgia Geral e Pequenas Cirurgias

CRM/MS: 7876 – RQE 5366

Médica natural de Maracaju/MS

Medicina pela Universidade Estadual de Maringá/PR

Cirurgia Geral pelo Hospital Universitário da UFMS.

Atualmente em Maracaju

Cirurgiã Geral e pequenas cirurgias na Prefeitura de Maracaju

Cirurgiã Geral – Pequenas Cirurgias- Clínica Geral na Clínica de Especialidades Médicas

A Clínica fica localizada na Rua Agnaldo Ferreira Barbosa 620 – San Raphael

Contato: 3454-2651

[imagem] => 61f1d9a661cf93bdaa0ef99a8fe3fd51.jpg [url] => dra-graziele-ferreira-o-que-sao-lipomas [visualizacoes] => 900 [created] => 16 de julho de 2018 - 16:22 [destaque] => [scroll] => [categoria_id] => 9 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 9 [nome] => Colunista em Foco [url] => colunista-em-foco [prioridade] => 1 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio