Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Médica Veterinária Patrícia Martins de Rezende: Vacinação de cães

04 de fevereiro de 2018 - 07:33 | Colunista em Foco

Maracaju em Foco - Notícias - Médica Veterinária Patrícia Martins de Rezende: Vacinação de cães

São muitas as dúvidas quando surge esse assunto, mas saiba que é muito importante manter a carteira de vacina do seu animal em dia.

Sabe aquele ditado que diz “prevenir é melhor que remediar”? Pois bem, no caso dos animais esta afirmação é totalmente verdadeira.

Por que vacinar?

Os animais são suscetíveis a uma série de doenças, que podem ser graves e de tratamento caro, além da possibilidade de doenças que não são tratáveis, como é o caso da raiva que ainda pode ser transmitida para o homem.

A boa noticia é que para boa parte das doenças que acomente os animais já existem vacinas.

Quando iniciar as vacinas?

É recomendado iniciar o esquema de vacinação em cães com 45 dias de vida. Em alguns casos, onde o animal está em uma área de risco, a vacinação pode ser iniciada com vacina específica com 38 dias de vida.

No caso de gatos o esquema de vacinação deve ser iniciado por volta dos 60 dias de vida.

Contra o que vacinar?

Cães - as primeiras vacinas a serem realizadas são as polivalentes (V8 ou V10), vacinas que contém cepas contra os principais vírus que afetam os cães, como  a cinomose e parvovirose. A primeira dose deve ser feita a partir de 45 dias de vida, são realizadas três doses com intervalo de 21 dias entre elas, após isso deve ser feita uma dose anual por toda a vida do animal.

Após os três meses de vida o cão deve ser vacinado contra raiva, esta é dose única, devendo ser repetida uma vez por ano.

Após estas vacinas, podem ser realizadas também vacinas contra gripe canina, leishimaniose e giardia.

Gatos – a primeira vacina, conhecida como V3 ou V4, é realizada a partir de 9 semanas de vida, devem ser realizados dois reforços com intervalos de 21 a 30 dias, a critério do médico veterinário. Após o gato deve receber um reforço anual.

Os gatos também devem ser vacinados contra raiva após 4 meses de vida, sendo realizado reforço anual.

ATENÇÃO!!! A raiva é uma zoonose, ou seja, é uma doença que pode ser transmitida para o ser humano, por isso nunca deixe de vacinar seu animal, pois caso contrario, se seu cão for contaminado, não só a vida dele estará ameaçada, como também das pessoas que entrarem em contato com ele.

Não se esqueça que além das vacinas seu animal deve receber medicações para o controle de vermes e mesmo que esteja tudo bem, é bom que periodicamente passe por um acompanhamento veterinário.

Informe-se com o veterinário do seu animal sobre as vacinas que seu pet precisa.

Patrícia Martins de Rezende

Médica Veterinária –CRMV/MS 3353

Telefone:99611-8244


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 23557 [user_id] => 23 [titulo] => Médica Veterinária Patrícia Martins de Rezende: Vacinação de cães [texto] =>

São muitas as dúvidas quando surge esse assunto, mas saiba que é muito importante manter a carteira de vacina do seu animal em dia.

Sabe aquele ditado que diz “prevenir é melhor que remediar”? Pois bem, no caso dos animais esta afirmação é totalmente verdadeira.

Por que vacinar?

Os animais são suscetíveis a uma série de doenças, que podem ser graves e de tratamento caro, além da possibilidade de doenças que não são tratáveis, como é o caso da raiva que ainda pode ser transmitida para o homem.

A boa noticia é que para boa parte das doenças que acomente os animais já existem vacinas.

Quando iniciar as vacinas?

É recomendado iniciar o esquema de vacinação em cães com 45 dias de vida. Em alguns casos, onde o animal está em uma área de risco, a vacinação pode ser iniciada com vacina específica com 38 dias de vida.

No caso de gatos o esquema de vacinação deve ser iniciado por volta dos 60 dias de vida.

Contra o que vacinar?

Cães - as primeiras vacinas a serem realizadas são as polivalentes (V8 ou V10), vacinas que contém cepas contra os principais vírus que afetam os cães, como  a cinomose e parvovirose. A primeira dose deve ser feita a partir de 45 dias de vida, são realizadas três doses com intervalo de 21 dias entre elas, após isso deve ser feita uma dose anual por toda a vida do animal.

Após os três meses de vida o cão deve ser vacinado contra raiva, esta é dose única, devendo ser repetida uma vez por ano.

Após estas vacinas, podem ser realizadas também vacinas contra gripe canina, leishimaniose e giardia.

Gatos – a primeira vacina, conhecida como V3 ou V4, é realizada a partir de 9 semanas de vida, devem ser realizados dois reforços com intervalos de 21 a 30 dias, a critério do médico veterinário. Após o gato deve receber um reforço anual.

Os gatos também devem ser vacinados contra raiva após 4 meses de vida, sendo realizado reforço anual.

ATENÇÃO!!! A raiva é uma zoonose, ou seja, é uma doença que pode ser transmitida para o ser humano, por isso nunca deixe de vacinar seu animal, pois caso contrario, se seu cão for contaminado, não só a vida dele estará ameaçada, como também das pessoas que entrarem em contato com ele.

Não se esqueça que além das vacinas seu animal deve receber medicações para o controle de vermes e mesmo que esteja tudo bem, é bom que periodicamente passe por um acompanhamento veterinário.

Informe-se com o veterinário do seu animal sobre as vacinas que seu pet precisa.

Patrícia Martins de Rezende

Médica Veterinária –CRMV/MS 3353

Telefone:99611-8244

[imagem] => a929ace407e24017fcd7d1f22ce34488.jpg [url] => medica-veterinaria-patricia-martins-de-rezende-vacinacao-de-caes [visualizacoes] => 700 [created] => 04 de fevereiro de 2018 - 07:33 [destaque] => [scroll] => [categoria_id] => 9 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 9 [nome] => Colunista em Foco [url] => colunista-em-foco [prioridade] => 1 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio