Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio

Psicólogo Lino Aquino: Ansiedade Aguda e Transtorno do Pânico

11 de May de 2019 - 11:25 | Colunista em Foco

Maracaju em Foco - Notícias - Psicólogo Lino Aquino: Ansiedade Aguda e Transtorno do Pânico

Na atualidade, com o novo estilo de vida da população, mais agitado, mais concorrido em seus diversos segmentos (trabalho/escola/família), além da violência que provoca indignação, desilusão e impotência em todos aqueles que se posicionam contra a injustiça, com a correria dos dias atuais, o excesso de informações e a natural exigência da economia por melhores resultados, a exigência e agitação passou a ser uma constante, sempre na expectativa de “dar conta” de todos os processos diários da vida.

Diante desse novo quadro que se apresenta para a população em geral, quer sejam adultos ou crianças, a ansiedade passou a ser uma reação emocional natural que ocorre quando nos sentimos vulneráveis e na expectativa de um perigo. Quando a resposta emocional de ansiedade é muito intensa e repentina surge uma crise de pânico, que na verdade é um ataque agudo de ansiedade. Na crise de pânico o indivíduo sofre muito, e acredita que algo catastrófico pode lhe acontecer a qualquer momento.

O sofrimento psíquico, conhecido na atualidade como ataque de pânico, ocupa um lugar de destaque nos debates contemporâneos no campo da Psicologia. O transtorno do pânico é uma doença que afeta cerca de 1,6% da população mundial – para cada homem, duas mulheres sofrem com o quadro – e impacta seriamente a qualidade de vida e as relações sociais. Esse problema é caracterizado por recorrentes episódios de ansiedade e medo intenso quando não há perigo real ou causa aparente – o resultado são reações físicas graves, e qualquer um pode estar suscetível a passar por isso. As crises podem ser marcadas por um grande temor ou desconforto intenso, palpitações, tremores, dificuldade de respirar, sudorese e sensação de que irá desmaiar ou “enlouquecer”. Tudo isso acompanhado de um grave episódio de ansiedade.

Pessoas que apresentam os sintomas citados anteriormente precisam procurar ajuda e deixar o preconceito de lado. O tratamento psicoterapêutico precoce evita consequências como: afastamento, demissões do trabalho, términos de relacionamentos, aposentadoria precoce devido à incapacidade funcional, dentre outros problemas.

É essencial que a família também seja orientada nesse processo de tratamento para que esta compreenda o comportamento do indivíduo. Infelizmente, é muito comum os familiares pressionarem a pessoa para “superar a crise” e, nesse momento, ter muita sensibilidade e empatia é fundamental.

Psicólogo Lino Aquino

CRP 14/07698-1

Rua Dracena 2290, Centro (Ao lado da Imed Vida)


Array ( [Novidade] => Array ( [id] => 32876 [user_id] => 23 [titulo] => Psicólogo Lino Aquino: Ansiedade Aguda e Transtorno do Pânico [texto] =>

Na atualidade, com o novo estilo de vida da população, mais agitado, mais concorrido em seus diversos segmentos (trabalho/escola/família), além da violência que provoca indignação, desilusão e impotência em todos aqueles que se posicionam contra a injustiça, com a correria dos dias atuais, o excesso de informações e a natural exigência da economia por melhores resultados, a exigência e agitação passou a ser uma constante, sempre na expectativa de “dar conta” de todos os processos diários da vida.

Diante desse novo quadro que se apresenta para a população em geral, quer sejam adultos ou crianças, a ansiedade passou a ser uma reação emocional natural que ocorre quando nos sentimos vulneráveis e na expectativa de um perigo. Quando a resposta emocional de ansiedade é muito intensa e repentina surge uma crise de pânico, que na verdade é um ataque agudo de ansiedade. Na crise de pânico o indivíduo sofre muito, e acredita que algo catastrófico pode lhe acontecer a qualquer momento.

O sofrimento psíquico, conhecido na atualidade como ataque de pânico, ocupa um lugar de destaque nos debates contemporâneos no campo da Psicologia. O transtorno do pânico é uma doença que afeta cerca de 1,6% da população mundial – para cada homem, duas mulheres sofrem com o quadro – e impacta seriamente a qualidade de vida e as relações sociais. Esse problema é caracterizado por recorrentes episódios de ansiedade e medo intenso quando não há perigo real ou causa aparente – o resultado são reações físicas graves, e qualquer um pode estar suscetível a passar por isso. As crises podem ser marcadas por um grande temor ou desconforto intenso, palpitações, tremores, dificuldade de respirar, sudorese e sensação de que irá desmaiar ou “enlouquecer”. Tudo isso acompanhado de um grave episódio de ansiedade.

Pessoas que apresentam os sintomas citados anteriormente precisam procurar ajuda e deixar o preconceito de lado. O tratamento psicoterapêutico precoce evita consequências como: afastamento, demissões do trabalho, términos de relacionamentos, aposentadoria precoce devido à incapacidade funcional, dentre outros problemas.

É essencial que a família também seja orientada nesse processo de tratamento para que esta compreenda o comportamento do indivíduo. Infelizmente, é muito comum os familiares pressionarem a pessoa para “superar a crise” e, nesse momento, ter muita sensibilidade e empatia é fundamental.

Psicólogo Lino Aquino

CRP 14/07698-1

Rua Dracena 2290, Centro (Ao lado da Imed Vida)

[imagem] => 9cc87129a3c926d77c7e0915423171b9.jpg [url] => psicologo-lino-aquino-ansiedade-aguda-e-transtorno-do-panico [visualizacoes] => 600 [created] => 11 de May de 2019 - 11:25 [destaque] => 1 [scroll] => 1 [categoria_id] => 9 ) [User] => Array ( [id] => 23 [fullname] => Ben Hur Salomão Teixeira [active] => 1 [role] => adm ) [Categoria] => Array ( [id] => 9 [nome] => Colunista em Foco [url] => colunista-em-foco [prioridade] => 1 ) [Noticiagaleria] => Array ( ) [Video] => Array ( ) ) 1
Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio Maracaju em Foco - Notícias - Anúncio